Notícias
17/10/17 - Prazo para reformas de sepulturas termina nesta semana

17/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

17/10/17 - Adolescente de 17 anos morre após bater motocicleta em árvore em Martinópolis

17/10/17 - Previsão do tempo para Santo Anastácio

17/10/17 - Vila Real recebe bloqueio para coleta de sangue e chipagem

17/10/17 - Previsão do tempo para Ribeirão dos Ìndios

16/10/17 - 'Insatisfeitos', agentes penitenciários realizam ato contra agressões sofridas

16/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Venceslau

16/10/17 - Prefeitura de Teodoro Sampaio abre 22 vagas em concurso público

16/10/17 - Previsão do tempo para Teodoro Sampaio

14/10/17 - Uso de energia deve sofrer queda de 4,5% na região

14/10/17 - Previsão do tempo para Tarabai

14/10/17 - Liminar de Fachin de 2015 derruba articulação do Senado para manter sigilo

14/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

13/10/17 - Preso morre após passar mais de uma semana com três telefones celulares

13/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Bernardes

13/10/17 - Homem é preso em flagrante por apedrejar sede do Ministério Público Estadual

13/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

12/10/17 - Missas e procissão marcam Dia de Nossa Senhora em PP

12/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

  Confira
A primavera começa oficialmente no dia 22 de setembro
A primavera começa oficialmente no dia 22 de setembro, às 17h02 (de Brasília) e vai até 21 de dezembro, às 14h28 (horário brasileiro de verão).
Para a maioria das áreas do Brasil, a primavera é uma estação caracterizada pelo aumento do calor e do retorno da chuva.

A mudança na circulação dos ventos sobre o país permite a formação do corredor de umidade entre o Norte, o Centro-Oeste e o Sudeste, o que estimula o crescimento de áreas de instabilidade sobre estas Regiões. As pancadas de chuva retornam com frequência durante as tardes e noites e também na forma de temporais.

As frentes frias e suas massas polares avançam pelo mar e passam pelo litoral do Sul e do Sudeste. Para a primavera de 2017, não há expectativa de massas polares fortes. Assim, não devemos ter eventos de frio atípico como no ano passado.

A água do oceano Pacífico Equatorial Leste está com temperatura um pouco abaixo da média e essa tendência deve se manter no decorrer da primavera de 2017. Porém, as condições técnicas para o estabelecimento de um evento La Niña não devem se concretizar.

A primavera 2017 no Brasil está começando muito quente e seca, mas deve terminar sob a influência do fenômeno ZCAS - Zona de Convergência do Atlântico Sul - que proporciona chuva volumosa para várias regiões do país.


Fonte: climatempo.com.br
 

Ao Vivo

  Diocese
Ao Vivo