Notícias
17/10/17 - Prazo para reformas de sepulturas termina nesta semana

17/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

17/10/17 - Adolescente de 17 anos morre após bater motocicleta em árvore em Martinópolis

17/10/17 - Previsão do tempo para Santo Anastácio

17/10/17 - Vila Real recebe bloqueio para coleta de sangue e chipagem

17/10/17 - Previsão do tempo para Ribeirão dos Ìndios

16/10/17 - 'Insatisfeitos', agentes penitenciários realizam ato contra agressões sofridas

16/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Venceslau

16/10/17 - Prefeitura de Teodoro Sampaio abre 22 vagas em concurso público

16/10/17 - Previsão do tempo para Teodoro Sampaio

14/10/17 - Uso de energia deve sofrer queda de 4,5% na região

14/10/17 - Previsão do tempo para Tarabai

14/10/17 - Liminar de Fachin de 2015 derruba articulação do Senado para manter sigilo

14/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

13/10/17 - Preso morre após passar mais de uma semana com três telefones celulares

13/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Bernardes

13/10/17 - Homem é preso em flagrante por apedrejar sede do Ministério Público Estadual

13/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

12/10/17 - Missas e procissão marcam Dia de Nossa Senhora em PP

12/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

  Confira
Aprovado projeto que determina prioridade para pessoas com câncer
Na noite dessa segunda-feira (12), a Câmara Municipal de Presidente Prudente aprovou projeto de lei que dá prioridade no atendimento, agendamento de consultas e exames às pessoas diagnosticadas com câncer. É o que prevê projeto de lei protocolado pelo vereador Mauro Neves (PSDB), que será votado pela Câmara Municipal de Presidente Prudente na noite desta segunda-feira (12).

A proposta do vereador Mauro Neves (PSDB) aponta que a prioridade é válida para unidades de Saúde e hospitais públicos e particulares da cidade. "Em existindo disciplina da questão no âmbito da rede pública, a inclusão dos estabelecimentos privados decorre de legítimo interesse da comunidade local em padronizar a forma de atendimento em Presidente Prudente, na medida do possível", pontua.

"A estrutura administrativa da Prefeitura possui setores que já realizam o agendamento e exames e que, dentro da esfera de suas atribuições, pode adequar essas tarefas conferindo prioridade às pessoas diagnosticadas com câncer, sem custos adicionais", finaliza.

O projeto foi aceito em primeira e segunda discussões pelo plenário e, agora, segue para análise do Executivo, que poderá sancionar ou não a lei.

Fonte: www.portalprudentino.com.br
 

Ao Vivo

  Diocese
Ao Vivo