Notícias
27/06/17 - Licenciamento para placas final 3 entra na última semana

27/06/17 - Previsão do tempo para Marabá Paulista

27/06/17 - Campanha de vacinação contra gripe é prorrogada pela 3ª vez

27/06/17 - Previsão do tempo para Martinópolis

26/06/17 - Ex-prefeito Tupã deixa PTB por corrida eleitoral

26/06/17 - Previsão do tempo para Santo Anastácio

26/06/17 - Lula tem 30%, Bolsonaro, 16%, e Marina, 15%, aponta pesquisa Datafolha

26/06/17 - SAÚDE: Brasil é referência mundial na área de doação de sangue voluntária

24/06/17 - Licitação dispensa exigências por tarifa de até R$ 3,70

24/06/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

23/06/17 - Advogada é presa em flagrante com munições na bota

23/06/17 - Previsão do tempo para Indiana

23/06/17 - Operação interromperá fornecimento de energia em três cidades

23/06/17 - Licitação do transporte coletivo será aberta em Prudente

23/06/17 - Com 900 vagas, Bugalho promete zerar fila por vaga em creches

23/06/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

22/06/17 - Senado aprova alteração para dar preferência a pessoas acima de 80 anos

22/06/17 - Previsão do tempo para Regente Feijó

21/06/17 - Ladrões de banco são presos em operação conjunta das polícias Civil e Militar

21/06/17 - Previsão do tempo para Presidente Bernardes

  Confira
Aprovado projeto que determina prioridade para pessoas com câncer
Na noite dessa segunda-feira (12), a Câmara Municipal de Presidente Prudente aprovou projeto de lei que dá prioridade no atendimento, agendamento de consultas e exames às pessoas diagnosticadas com câncer. É o que prevê projeto de lei protocolado pelo vereador Mauro Neves (PSDB), que será votado pela Câmara Municipal de Presidente Prudente na noite desta segunda-feira (12).

A proposta do vereador Mauro Neves (PSDB) aponta que a prioridade é válida para unidades de Saúde e hospitais públicos e particulares da cidade. "Em existindo disciplina da questão no âmbito da rede pública, a inclusão dos estabelecimentos privados decorre de legítimo interesse da comunidade local em padronizar a forma de atendimento em Presidente Prudente, na medida do possível", pontua.

"A estrutura administrativa da Prefeitura possui setores que já realizam o agendamento e exames e que, dentro da esfera de suas atribuições, pode adequar essas tarefas conferindo prioridade às pessoas diagnosticadas com câncer, sem custos adicionais", finaliza.

O projeto foi aceito em primeira e segunda discussões pelo plenário e, agora, segue para análise do Executivo, que poderá sancionar ou não a lei.

Fonte: www.portalprudentino.com.br
 

Ao Vivo

  Diocese
Ao Vivo