Notícias
17/10/17 - Prazo para reformas de sepulturas termina nesta semana

17/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

17/10/17 - Adolescente de 17 anos morre após bater motocicleta em árvore em Martinópolis

17/10/17 - Previsão do tempo para Santo Anastácio

17/10/17 - Vila Real recebe bloqueio para coleta de sangue e chipagem

17/10/17 - Previsão do tempo para Ribeirão dos Ìndios

16/10/17 - 'Insatisfeitos', agentes penitenciários realizam ato contra agressões sofridas

16/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Venceslau

16/10/17 - Prefeitura de Teodoro Sampaio abre 22 vagas em concurso público

16/10/17 - Previsão do tempo para Teodoro Sampaio

14/10/17 - Uso de energia deve sofrer queda de 4,5% na região

14/10/17 - Previsão do tempo para Tarabai

14/10/17 - Liminar de Fachin de 2015 derruba articulação do Senado para manter sigilo

14/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

13/10/17 - Preso morre após passar mais de uma semana com três telefones celulares

13/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Bernardes

13/10/17 - Homem é preso em flagrante por apedrejar sede do Ministério Público Estadual

13/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

12/10/17 - Missas e procissão marcam Dia de Nossa Senhora em PP

12/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

  Confira
Câmara aprova projeto que propõe isenção de taxa de sepultamento
Durante a sessão ordinária dessa segunda-feira (15), os vereadores da 17ª Legislatura da Câmara Municipal de Presidente Prudente aprovaram o projeto de lei que propõe a isenção do pagamento da taxa de sepultamento da pessoa que tiver doado, por ato próprio ou por meio de seus familiares ou responsáveis, seus órgãos ou tecidos corporais para fins de transplante médico, no município.

O texto, de autoria do vereador Natanael Gonzaga da Santa Cruz (PSDB), foi aprovado pelo plenário da Casa de Leis em primeira e segunda discussões.

No toltal, os parlamentares aprovaram os quatro projetos que estavam previstos na ordem do dia. Segundo a Câmara, das quatro propostas que foram aceitas pelo plenário, os três projetos de lei já foram aceitos em primeira e segunda discussões, e o projeto de emenda à Lei Orgânica do Município (LOM), somente em primeiro turno, pois é necessário o interstício de 10 dias para o segundo debate deste texto.

Além disso, com pedidos de urgências, os vereadores rejeitaram dois vetos do Poder Executivo a projetos de lei de iniciativa parlamentar. O primeiro deles, concede desconto de 25% no pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), relativo aos imóveis onde há ponto de ônibus, defronte à calçada.

Já o segundo, institui a Política Municipal de Coleta, Tratamento e Reciclagem de Óleo e Gordura de Origem Vegetal ou Animal e dá outras providências.

De acordo com a Câmara, com relação aos vetos rejeitados, o prefeito Nelson Bugalho (PTB) tem 48 horas para promulgar o texto. Caso silencie, a promulgação do dispositivo será feita pelo presidente da Casa de Leis, vereador Enio Perrone (PSD), também em até 48 horas.

Também na sessão dessa segunda-feira (15), mas no expediente do dia com votação, os parlamentares prudentinos aprovaram 32 requerimentos de providências e informações, um requerimento de Pesar, um requerimento de sessão informal, três moções e 47 requerimentos de congratulações.

Fonte: G1 Presidente Prudente
 

Ao Vivo

  Diocese
Ao Vivo